quarta-feira, setembro 23, 2009

Relacionamento, Paixão, Amor...Pateta!

para ampliar clique na imagem


Relacionamento amoroso é tema dificil. Mais dificil ainda pra homem.
Alguns dizem que o assunto incomoda homem, porque expõe, fragiliza e por medo o sexo masculino prefere blindar-se com relação as questões do sentimento. Verdade? Pode ser.
Pelas amizades que tenho e claro, por ser homem, penso que seja raríssimo o cara que goste de ficar discutindo relação com namorada, com esposa. Êta negócio chato!

Eu não sei como vocês imaginam o Alexandre, vou dar uma idéia. Aqui no blog eu até que falo bastante, escrevo e tal, mas pessoalmente falo pouco, por telefone então piorou. Dada essa minha caracteristica e a natural paixão que as mulheres tem por telefone (minha namorada adora), já imaginam a situação né. É praticamente uma conversa de uma só via.

Aqui em casa rola forte a "teoria do Pateta". Fico eu com meu irmão, um de olho no outro pra ver a hora que um vacila. Vacilou, deu mole já leva o nome de Patetão!
Vou explicar melhor. Pra nós Pateta é o cara que fica, entre outras coisas, horas e horas no telefone, meloso, mole...enfim, aquele cara que perde a objetividade, fica "babão", tristemente propenso a tomar chifre e pior de tudo, não percebe. É o sujeito (a) que tá amando.
A tese da "Patetice" é bastante controversa, pois praticamente todo mundo (homem ou mulher) foi, é ou será Pateta um dia. Ousou gostar de alguém, mesmo que na mais madura, segura e racional relação (se é que existe isso), um traço de "patetice" irá se apresentar. Não tem jeito! Conscientemente ou não a busca pela princesa ou principe encantados, acaba na verdade sendo um desejo incontrolável de se tornar Pateta.
Rindo ou odiando, você que tá lendo deve estar lembrando daquela sua cara de bobo e das inúmeras vezes onde chamou ou foi chamado de: Xuxuzinho, Fofinho, Bebê... é seu mais autêntico lado Pateta que aflorou. Mas tem nada errado não, é a paixão, o amor. Assume Patetão!

Enfim, relacionamento é complicado. Homem e mulher são bastante diferentes em vários aspectos, ainda assim, eu que não tô nenhum pouco a fim de namorar homem, confesso que apesar dos pesares, ainda não inventaram nada melhor do que mulher.

E viva os Patetas!

11 comentários:

Anônimo disse...

postulado 1: Quando o pateta assume sua condição é possível a evolução para o próximo nível....cordeirinho...rsrsrs Um abraço! Leandro NCN

Rodrigo Ribeiro disse...

como foi pelo seu blog, um tempão atrás, que as conheci, me senti na obrigação de informar: Les Nubians faz show em SP! http://www.sescsp.org.br/sesc/programa_new/mostra_detalhe.cfm?programacao_id=159621

njlo75 disse...

MUDANDO minha URL

seu blog está fantástico,ótimos postes.mas ainda estou esperando sua visita http://desenhospoeisiascomportamento.blogspot.com/ abraços...me segue no twitter @nilsinho75.abraço.

njlo75 disse...

MUDANDO minha URL

seu blog está fantástico,ótimos postes.mas ainda estou esperando sua visita http://desenhospoeisiascomportamento.blogspot.com/ abraços...me segue no twitter @nilsinho75.abraço.

PenseaRespeito* disse...

Eita cordeirinho é cruel hein Leandro. Aí tá tudo perdido...rsrs

Abraço!

PenseaRespeito* disse...

Valeu o toque Rodrigo, mas tá meio em cima pra postar. Ou não?!rs
Vou ver.

Abraço!

PenseaRespeito* disse...

Obrigado pelo elogio, vou dar uma olhada lá Njlo.

Abraço!

Anônimo disse...

cordeirinhos do brasil uni-vos rsrsrsrsrsrs
abraço
jonencn

CASÉ disse...

CULPADO!!

Fernanda disse...

desculpe Alexandre, mas vc pediu pra comentar, vou falar o que penso...
Compreendo e conheço mt bem essa "patetice", mas não vejo que tenha relação com o amor, quem é pateta é pateta mesmo, não precisa se apaixonar pra isso.
Quem realmente ama alguém, deixa alguém ocupar um lugar importante em sua vida e percebe que vale a pena compartilhar seus planos com essa pessoa, não vai ficar pateta, apenas se preocupará suficientemente com alguém para saber que é importante vivenciar o sentimento que os une, que algumas coisas precisam ser esclarecidas, e mal entendidos superados.
E homens também são capazes de sentir isso, infelizmente nossa sociedade forma homens para serem patetas, para viverem aproveitando certas coisas sem aceitar o valor que elas têm em suas vidas.
A diferença entre homens e mulheres está muito mais na nossa cabeça e nos preconceitos da sociedade. É isso que faz os apaixonados virarem patetas. Tanto mulheres como homens se perdem em suas relações, se preocupando com essas caracteristicas culturalmente impostas, e deixando de notar o que aquela pessoa que "te fez um pateta", significa em sua vida.
Compartilhar a vida com alguém é muito mais que discutir relação, que ficar com lenga lenga no telefone, ficar bobo por alguém...o amor não precisa ser assim.
Feliz daquele que supera os padrões impostos e sabe valorizar o que é importante para si.

POETA DE GAVETA disse...

Acredito que homens e mulheres tendem a agir diferente no relacionamento mesmo. Culturalmente, as mulheres são mais estimuladas a terem certos ideais românticos. Por outro lado, o homem, ao se denominar "pateta", "cordeiro" ou "cachorrinho" acaba demonstrando um sentimento de que deixou de ser espertão, ser um lobo predador ou coisa do gênero. O que quero, acho que todos queremos, são relações igualitárias e com respeito, falando a verdade e sem prejudicar ninguém.