terça-feira, outubro 27, 2009

Bandido

para ampliar clique na imagem


Diante desse monte de notícia ruim sobre violência, sobre bandidagem me veio a cabeça tentar entender o problema por um ângulo inverso do usualmente abordado.
Por que a opção pelo caminho do crime? Por que um cara vira bandido?
Em um mundo onde virou sinônimo de status ser bandido, há quem veja vantagem nessa opção, sendo assim, é óbvio que a resposta pra essas perguntas não são únicas e definitivas, até porque, as razões são inúmeras, porém, percebo que todas as motivações para essa escolha equivocada (a meu ver), acabem se resumindo para a falta de alguma coisa.
Falta de caráter, falta de vergonha, falta de oportunidade, falta de comida, falta de um país melhor...
Tudo o que se vê pronto, teve uma origem, um histórico, um porquê. Na minha maneira de ver toda a problemática envolvendo o crime no Brasil é encarada de forma errada.
"Querem" deter a bomba após a explosão e não antes do acendimento do pavil.
Quem tem um pouco de curiosidade com História sabe que desde o início o Brasil foi formado por gente pouco honesta (bandidos) que visava sempre o beneficio próprio em detrimento da maioria. O pensamento bandido foi, e, é ainda hoje altamente difundido. Ingenuidade acreditar que o tráfico (drogas, armas) e outras formas do dito crime organizado, beneficiam somente ao traficante do morro. É tudo evidentemente orquestrado por gente mais "importante", do contrário não daria certo. As coisas são como são, porque alguém ganha com isso.

Por serem várias as origens, bandido realmente tem bastante, mas penso que seja claro que o número diminuiria consideravelmente caso fossem melhores as oportunidades. Oportunidades melhores gerariam também empregos melhores. Melhores empregos determinam a chance de melhor alimentação, o que influi diretamente no rendimento escolar... Tá tudo interligado!

Por que nas cadeias não podemos encontrar somente os que tem falta de vergonha e caráter? Infelizmente as rédeas do país estão nas mãos de uma poderosa minoria e também para essa gente há uma grande falta. Falta vontade de mudar. Para essa classe tá muito bom do jeito que tá!

A receita de um país melhor para todos, tem como ingrediente uma população muito bem respaldada em seus anseios básicos, porém fundamentais.
Caso houvesse uma real intenção de se resolver o problema do crime no Brasil, observaríamos de fato um investimento nas pessoas, no país. Como o que vemos é justamente o contrário, dia após dia as manchetes de violência ganham maior espaço.


Ouvindo: Sonâmbulo - Céu (Vagarosa)

3 comentários:

rodrigo disse...

começo a liberação de verba para ser gasto com a tal copa, esbanajando apenas mais de 4 bilhões, ai o sr governador faz emprestimo para tentar limpar o tiete, enquanto isso so ando vendo construção de presidios, bom acredito que passando a copa tudo vai retornar ao que era antes, ou seja so para ingles ver ...

PenseaRespeito* disse...

Infelizmente é o mais provável que aconteça, o jeito é torcer pra todo mundo estar errado e os caras realizarem coisas boas para toda a população. Sonho? Sou um sonhador.

Abraço!

Anônimo disse...

a violencia nunca vai acabar porque o ser humano é mal, imagine uma mulher muito bonita mas por dentro ela esta sendo corroida por um cancer, é o mesmo
que acontece com o mundo, o politico e o cancer do mundo.
talvez o mundo melhore sem o politico mas aviolencia não vai acabar.