sábado, julho 26, 2008

Meio Ambiente

para ampliar clique na imagem

Cara, como é importante o entendimento de toda a população com relação as questões ambientais. A vida que conhecemos, depende diretamente da conscientização e respeito ao meio ambiente.
Simples o raciocínio, mas o que parece fácil torna-se bastante complicado, a medida que o interesse, a ganância, o imediatismo e a falta de visão, tomam frente de tudo que possa parecer mais claro e evidente. A vida, presente e futura, por mais incrível que possa parecer, fica em segundo plano. Tremendo vacilo.
Tudo o que a gente ouve falar sobre aquecimento global, buraco na camada de ozônio, desmatamento, é muito grave. Sem dúvida alguma, danos permanentes serão causados, caso não ocorra uma revolução no nosso modo de vida. Gerações futuras, nossos filhos e netos, terão a qualidade de vida totalmente comprometida, porque os seres humanos de hoje pouco se importam com a utilização sensata do meio ambiente.
O tão falado desenvolvimento sustentável, fica muito mais no discurso do que na real aplicação. Governo que deveria fiscalizar, faz vista grossa pra mostrar que houve crescimento econômico em seu mandato. O que se observa na verdade é crescimento de problemas ambientais.
O empresário explora o recurso natural até o “osso”, detona a água do rio, polui o ar, paga ninharia ao funcionário pouco ou nada preparado e fica podre de rico. Bonito né?! Capitalista “danado” é mais esperto que todo mundo? Ah, é nada! De que adianta encher o bolso com essa “dinheirama” toda se futuramente não poderá tomar um banho de sol, porque vai pegar um câncer de pele. Enriquecimento imbecil não?

Ouvindo: Wake Up - Rage Against The Machine (Rage Against The Machine)

8 comentários:

nuevo día disse...

alexandre. tomar conciencia implica aceptar la posibilidad de cambiar pautas culturales. si cambia una persona, cambia el mundo. sigue adelante. un abrazo.

Dalton disse...

Agir corretamente também é dever do cidadão, para então cobrar os direitos. Infelizmente é comum ver a mesma pessoa que joga a sacola de lixo na vala perto de casa reclamar que tal casa ficou alagada quando choveu e a vala transbordou. Até gestos pequenos e aparentemente inofencivos, como "descascar" uma bala e soltar o papel no chão, faz diferença. Por isso imagino, o poder público realmente tem a obrigação em zelar pelo bem de todos, porém, é muito mais obrigação da população zelar pelo próprio bem.

PenseaRespeito* disse...

E aí Nuevo Dia.
Cara, se eu conseguir com esse blog ajudar ou quem dera mudar alguém em um sentido positivo de mudança, tô mais que contente.
Abraço!

PenseaRespeito* disse...

Fala Dalton!
Meu, político é representante do povo. Ao menos teoricamente vem do povo o cara que tá lá fazendo bem ou mal feito. Parte do povo uma atitude correta. Ação Grandiosa ou simples, não importa, começa por todos nós esse efeito dominó.
Abraço!

adriano carão disse...

Boa postage, maz o seguinte: o capitalista vai podeh tomah bãe di sol, sim. O dinhêro permite coisa di mais nesse mundo, a teqinologia tá muito avançada e é usada essencialmente pra esses bichão podêri conviveh com a desgracêra qi eles mermo tão criano com o capitalismo. Quanto aos comentário, é fato qi nun adianta nada dexah di jogah um saco di pipoca ô mil saco di pipoca no chão, enquanto mil empresa tão jogano mil tonelada di poluente di toda espécie lá fora. E as empresa qi fázi isso nun são as qi respôndi na justiça e aparéci no jornal, não! São, às vez, as merma qi têm projeto ambiental, social e o escambau! O capitalismo é essencialmente destrutivo. Ua alusão à sabedoria nagô: Exu é irmão di Ogum - a contradição é inerente ao progresso. Inda mais o progresso capitalista! Quanto ao "Rage Against", pedi a um amigo pa baxah toda a coleção e as letra pra mim. Viva a guerrilha! Morte ao capitalismo! Axé.

Dalton disse...

E é por muitos pensarem que não adianta deixar de fazer coisas erradas, que muitos outros ainda continuarão fazendo coisas erradas, e o mundo continuará indo de mal a pior.

PenseaRespeito* disse...

E aí Adriano!
Eu não sei até onde vai o poder do dinheiro. Não sei se futuramente irão conseguir driblar até os maleficios dos raios solares, todos aqueles que tem grana. Quem sabe? É possivel.
Ainda assim na minha opinião, continua sendo imbecil esse acúmulo de grana que pouco se preocupa com o futuro de todo mundo. Questão delicada e super importante essa de meio ambiente.
Valeu o comentário!

PenseaRespeito* disse...

Verdade Dalton, quando a gente achar que não dá mais aí que a casa cai de vez mesmo.
Abraço!