quarta-feira, outubro 31, 2007

Nós somos o mundo!!!

para ampliar clique na imagem

O mundo pratica o jogo da bola redonda, das três traves, usando quase que exclusivamente os pés e chama o esporte de futebol. Os americanos adaptaram o rugby (que usa os pés de vez em quando) para sua melhor conveniência e também chamaram o esporte de futebol. O futebol do resto do mundo lá é soccer.
O campeão da NBA (Liga Americana de Basquete), diz-se campeão mundial no final do campeonato. Por que?!
Se no esporte os caras ignoram as demais nações, que dirá em todo o resto?! A política “We are the world” aplica-se em todas as áreas. A disseminação da idéia de superioridade é espalhada de tal forma que é comprada pelo povo. Os caras acreditam que são melhores e pior do que isso é que muita gente de fora acredita que são os americanos realmente melhores. Aí ferrou!
É necessária muita atenção e reflexão, pois toda essa forma de agir e fazer pensar não é de graça. Os caras são bons em muitas coisas, tem sim suas virtudes, mas nem tudo que reluz é ouro. Digo e repito, é necessário reconhecer coisas boas, mas bater pesado nessa “ignorante” e articulada auto-suficiência. Baba ovo aqui não!


Ouvindo: Heat - Common Sense (Like Water for Chocolate)


2 comentários:

Marcelo disse...

Bem falado! Tal comportamento egocentrista é contínuo e não tá com nada. Eles são os melhores em algumas coisas mas mandam muito mal em outras. Agora, verdade seja dita; ninguém bate os caras quando o assunto é marketing. São capazes de vender qualquer m...! Só não sei se por mérito de quem produz, ou pela gana consumista que parece cultural.
Futebol é o nosso! O deles é um rugby mais afrescalhado... ahaha..
Abraço!

wellgus disse...

Fico impressionado com o seguinte...
Os americanos (que alguns preferem chamar de estadounidenses), são capazes de produzir séries de tv com grandes idéias, grandes narrativas, formas de contar inovadoras... Ao mesmo tempo, os americanos tem uma mentalidade do tipo olho no olho dente por dente (pelo menos uma parcela grande). Quem viu o documentário do Michael Moore sobre a Escola Columbine percebeu, eles querem comprar balas e atirar em todo mundo.

Bom, contradições do ser humano,ninguém tá livre, o império deles vai cair, num futuro distante ou não.

Wellington