terça-feira, outubro 23, 2007

Roubaram o relógio do Luciano Huck!!

para ampliar clique na imagem

Eu não caio na besteira de falar que o Luciano Huck tinha que ser roubado porque é “boy vacilão”, não é porque não gosto do tipo de programa que o moço apresenta e porque querem pagar uma fortuna pelo que ele se propõe a fazer que merece ser “levado”. Ser roubado não é situação legal pra ninguém, é traumatizante, mas vejam como são as coisas no país que a gente vive.

Em 2003 eu fui roubado, me levaram meu Passatinho “véio” que devia valer uns R$ 2.000,00, nunca mais vi o carro, virou fumaça, só sobrou chave, documento e boletim de ocorrência na mão do negrinho, só tristeza. Em contrapartida, outro dia levaram o relógio rolex do cara e vocês viram o alarde?! Foram atrás dos bandidos, as declarações (sejam elas quais forem) que o apresentador se mete a fazer ganham relevância na midia e tudo. É realmente bem diferente. As pessoas por aqui tem valor e importância segundo o salário que ganham, cor da pele, dos olhos. Já cansei de falar isso, só não concorda quem não quer ver.

Eu não sou muito de ficar prestando atenção no que o Luciano Huck fala, mas acredito que dificilmente levanta ou levantou alguma questão importante pra ser tratada no programa que apresenta, ou deu opinião, levantou bandeira contra problema de violência, corrupção e mais um monte de coisa errada que acontece por aqui. Por que só agora que foi “guentado” que saiu atacando violência? Por que não abre a boca pra falar coisa importante, tendo o espaço que tem e até porque não dizer, na grande influência que acaba tendo na opinião das pessoas? Quer saber, eu não acredito que merecia ser roubado, mas tenho que dizer:

- Ô Luciano vai te lascar! Só agora que o bicho tá pegando “fio”?! Ah, não agüentei!

Esse tipo de reação que o cara teve aí, de ficar revoltado só quando sente o pisão no próprio calo, é a típica reação de classe média, nem vou falar dos ricos porque esses aí nem contam, tá tudo bem pros caras. A classe média é aquela que quando vê moleque pedinte no farol fecha o vidro, que quando vem menina do folheto vira a cara pra fazer que não viu, mas que quando jogam aquela água que finge que limpa no vidro do carro pra passar rodinho, fica revoltada e pergunta de boca mole da policia, do governo. Por que não procura votar direito?!

Tem um monte de gente, que só enxerga os problemas quando este bate na cara ou no bolso delas. É ou não é? Pense a Respeito!


Ouvindo: Makeda - Les Nubians (Princesses Nubiennes)

11 comentários:

Felipe disse...

Olá rapaziada do Blog,beleza ?
Então, gostaria de expressar minha concordância com o texto sobre o furto que aconteceu com o apresentador de televisão.
Muitas pessoas pensam que outros que vivem reforçando o assunto que sempre devemos estar pensando em ajudar,viver a realidade, ou seja.. pensar a respeito.Essas pessoas acham isso uma palhaçada, porém quando são afetadas saem por aí achando que sabem mais que todos e tem o direito de falar o quadrado do cubo de sua versão desinformada, pelo contrário, o cidadão que vive a realidade e sabe lidar com os fatos não fica somente preso à isso, além de adquirir um conhecimento maior, a pessoa também esta aberta a mexer com arte,com música,mais sempre está ligada a realidade.Por isso aconselho as pessoas a pensarem além do que veêm por aí.
Um grande abraço aos amigos aqui do blog !

vrs1943 disse...

PLEASE ADD MY LINK? Parceria?
Rock Links Mp3 http://rockandroll.blogspot.com

adam disse...

Hi, this is not so related to your page, but it is the site you asked me 1 month ago about the abs diet. I tried it, worked well. Well here is the site

Anônimo disse...

ai,antes de mais nada,acho que andar por ai com um relógio de 40 mil,onde o salário mínimo não chega a 400,00 reais é foda,mas fazer o que.vivemos em um país desigual em todos os sentidos.
no entanto vou fazer uma defesa leve do cara,ele faz um trabalho social bacana com jovens de periferia,talvez você não tenha ouvido falar do "PROJETO CRIAR", este projeto visa capacitar jovens a trabalhar em televisão,teatro,é bem legal,eu sei disso pois estou na area e conheci alguns desses jovens.
existem sim nesse país algumas pessoas com grana que fazem algo positivo e não gostam de se manifestar,o cara é rico, é um fato.
não vou justificar sua revolta com o ocorrido,nem tão pouco quem o roubou.
agora difícil e tentar identificar qual a maior violência,se roubo sofrido,ou a ostentação frente a miséria.
sei lá.



abraço

jone

adam disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Marcelo disse...

Admiro muito teu blog e o trampo que tu vem fazendo. É de prima!
Mas não entendo uma coisa e quero me expressar:
Pq diabos todo mundo que vem falar dos problemas do país, principalmente quando o assunto é violência, aproveita pra meter o paú na classe média? Dia desses o Mano Brown foi no Roda Viva e desceu a lenha na classe média (aliás, pra quem é fã do som do cara como eu a entrevista toda foi lamentável... mas isso são outros quinhentos). É um tal de um querer jogar a responsa pra cima do outro... Como se o cara de classe média fosse traíra por querer subir na vida. Até parece que o cara de classe baixa não quer ser classe média, né?
É um pensamento do tipo; "pobre que é pobre tem que ser pobre até morrer, senão é traíra!" Mas classe média não tem cor, tem de tudo. E o que mais me irrita é quando neguinho classe média vem meter o pau na própria! Qualé porra?!
A classe média, que é a maioria da população, vota TÃO MAL QUANTO AS DEMAIS! Até pq as opções são as mesmas pra todo mundo!
A classe média, através dos microempreendedores é quem mais gera emprego nesse país!
É quem mais paga imposto nesse país! O que consequentemente leva a concluir que, guardada as devidas proporções, É QUEM MAIS SE FODE NESSE PAÍS! E tudo isso sem direito a BOLSA FAMÍLIA!
O que essa rapaziada espera? Que a gente (sim, EU SOU CLASSE MÉDIA!)que trabalha pra caralho a vida toda, que paga imposto pra caralho, que paga escola pros filhos, plano de saúde, pedágio etc , etc e etc... e não vê retorno nenhum do estado saia na rua abraçando os favelados e levando todos pra dentro de casa como se a culpa de todos os males do mundo fosse nossa???
Qualé porra!?
Eu me fodo tanto quanto eles!
O magnata pega o avião e se manda daqui quando a coisa aperta (ou quando chega as férias); ele anda com segurança armado e vidro blindado... e nós??? Temos que trabalhar pra neguinho roubar né? Aí é justo??? Roubar de quem tem pouco é justo??? Falou! Eu não acho! Desde quando a culpa é nossa???
O fato é que a coisa funciona mais ou menos assim: quem tá lá em cima mantém quem tá lá em baixo na ignorância, assim estes se voltam contra quem está mais perto, que é o pessoal do meio, que tá se fodendo tanto quanto!
Falou!

Pense a respeito disse...

Valeu a visita e o comentário Felipe.

Abraço!

Pense a respeito disse...

Vou visitar o rock and roll vrs 1943.

Abraço!

Pense a respeito disse...

É isso aí Jone. Não sabia desse projeito dele não, parabéns pra ele, mas é como você mesmo disse uma coisa não justifica a outra.

Abraço!

Pense a respeito disse...

E aí Marcelo blz? Tem mais é que se expressar mesmo.
Cara respeito seu ponto de vista, mas como você viu na postagem discordamos em nossas opiniões.Ruim isso? Não, natural e até saudável.
Discordo quando você diz que a maioria do povo é classe média, na minha opinião a maioria do povo brasileiro é pobre e se acha classe média, o que é bem diferente.
Classe média não tem grana sobrando que nem rico, mas o que ganha paga legal as contas, consegue viajar nas férias, ter carro, casa na praia, paga faculdade, escola. A maioria do povo no Brasil tem isso? Acho que não. Não penso que devamos pegar moleque no farol e levar pra casa, só acredito que tenhamos que ter a lucidez de percebermos que a diferença entre nós e eles é muito pequena. Eu mesmo já entreguei folheto na rua.
A maioria trabalha hoje pra comer amanhã aqui no Brasil. Não acredito que pobre nasce pobre e tem que morrer pobre, acredito que o fato de ser pobre e querer algo melhor deve sim ser objetivo, mas caso não aconteça essa melhora não deva ser encarado como fim do mundo e fim de possivel felicidade porque a verdade é que nem todos irão conseguir melhorar. No mundo que a gente vive todo mundo se dando bem não funciona. Não rola nesse sistema. Bom, vou parando por aqui pra não prolongar muito. Comente mais vezes.

Abraço!

Marcelo disse...

Cara, agradeço a receptividade e tbém acho o debate e a diversidade de opiniões algo 100% saudável.
Admito que vc tem razão quando diz que a maioria do povo aqui está abaixo da classe média. Realmente é isso! Eu me equivoquei ao afirmar o contrário. Mesmo assim, no que diz respeito à tendência de alguns em culpar a classe média pelos males do país, continuo discordando, ou no mínimo não compreendendo. Pra mim todos têm suas culpas e seus méritos. É isso!
Valeu e parabéns (agora mais ainda!) pelo seu trampo!
Abraço!