quinta-feira, dezembro 20, 2007

Acabou a CPMF do "Mal"?!!

para ampliar clique na imagem


Vivemos no dito país do imposto. Tem IPI, ICMS, IPTU, IPVA e mais um monte de "Is" que todo mundo paga, nem sabe que existe e pior, nem sabe pra onde que vai o dinheiro.
A CPMF (Contribuição Provisória sobre a Movimentação ou Transmissão de Valores e de Créditos e Direitos de Natureza Financeira) que não era um imposto e sim uma contribuição provisória, como o próprio nome diz um dia teria que acabar, mas é importante que nós pobres mortais tenhamos condições de analisar a coisa de forma mais ampla.
Pra mim, pra você, ou seja, pro cidadão comum que paga um monte de imposto, penso que na verdade uma CPMF a mais não faz muita diferença, melhor seria ter uma reformulação total no sistema de cobrança de impostos, onde estes seriam poucos em quantidade, transparentes na circulação e com finalidades bem definidas para sua utilização.
O dinheiro que se pretendia arrecadar com a CPMF seria destinado à saúde, a programas sociais. É fato que o que mais tem é hospital ruim no país, a saúde pública é “zuada” por aqui, sendo assim, o repasse da grana nunca foi feito de modo totalmente correto. Desde que Brasil é Brasil quando se trata de muito dinheiro, as coisas ficam obscuras, mas mesmo assim não se pode negar que a idéia da finalidade era bem interessante. O problema maior no meu modo de ver é no controle, na destinação certa da grana.

Agora eu pergunto:

Por que querer acabar com uma contribuição, que teria seu valor obtido destinado a população mais carente? E os outros milhares de impostos existentes, podem permanecer sem problemas? Esquisito né.
A gente vê um monte de informação jogada dizendo que a CPMF não presta, é injusta e tal. É mentira? Depende do ponto de vista. A realidade é que se esquecia dos outros impostos, pra meter o pau na CPMF repararam nisso? Quem jogava essa idéia na mídia? Com que intenção? O povo que detona a CPMF é realmente contra ou repete o que ouviu dizer?
Quanto maior a movimentação de dinheiro, maior também seria o valor arrecadado com a CPMF. Mais dura a “mordida”. Quais são as pessoas que realizam grandes movimentações financeiras no Brasil? É claro que esse grupo de pessoas e ou empresas, são os maiores beneficiados em ver o fim dessa contribuição provisória. Concorda? Pense a Respeito.

Fonte: (+)

Fonte: (+)

Ouvindo: Propaganga - Nação Zumbi (Nação Zumbi)

2 comentários:

Celo disse...

Hummm... tá bom, mas eu discordo!

Pense a respeito disse...

Hmmm...tá bom.

Abraço!