domingo, maio 27, 2007

Invisível

para ampliar clique na imagem


A cidade é grande e você invisível
As pessoas te vêem para não ver
Quem viu não viu
A vida passa e você não existiu

O mundo é repleto de oportunidades
um mero mar de vaidades?

Você vale o quanto ganha
Existe enquanto barganha

Vive enquanto compra
Compra pra existir

Aceite sua nulidade
Não lute contra a cidade
Abrace sua invisibilidade


É isso?!



Alexandre Gustavo

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá, bom dia!!!

Comentário de pessoa observadora, que considero inteligente, meus parabéns!!!
Na verdade, todos nós temos culpa sobre esse quadro estúpido aí, que vc comentou. Somos guiados por uma mídia imbecil que nos transforma em fantoches de uma estupidez ainda maior!
Cabe sairmos do silencio e buzinar, para pelo menos sabermos se estamos a sos no meio dessa boiada como dizia a musica "Vida de Gado" do nosso querido Zé Ramalho.
Abraços,
Aurea Ribeiro.
Aracaju-Se.

Pense a respeito disse...

É isso aí Aurea, dar opinião, sair do silêncio é o minimo a fazer.
Obrigado pelo elogio, continue visitando.

Abraço!